Jesus – Quem foi

“A todos quantos O receberem, a Jesus Cristo, é dado o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem em seu Nome.” (João 1:12)

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu O Seu Filho Unigénito, para que todo aquele que n’ Ele crê não se perca, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)

Ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades: “O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” (Isaias 53:5)

Ele é o único Filho de Deus. Contudo desceu do trono do Pai para ocupar o ventre de uma mulher. Ele tornou-se Filho do Homem para que nos pudéssemos tornar Filhos de Deus.

Ele foi concebido de forma sobrenatural, viveu na pobreza e foi criado na obscuridade. Não tinha riqueza nem influência, no entanto, jamais a sabedoria de qualquer homem se igualou à Sua sabedoria. Nunca ninguém falou como Ele. A Sua família era modesta e não tinha influência. Quando criança, Ele fez um rei entrar em pânico.

Quando rapaz, desorientou os teólogos com o seu conhecimento e sabedoria. Já adulto, Ele controlou os elementos da natureza e acalmou a tempestade no mar. Curou multidões sem medicamentos, e, com o lanche de um rapaz, alimentou milhares de pessoas. Até os demónios lhe obedeciam e chegou mesmo a dar vida aos mortos.

Nunca escreveu um livro, no entanto nenhuma das bibliotecas do mundo poderia abarcar todos os livros que foram escritos a respeito d’ Ele. Nunca escreveu uma música, no entanto, forneceu o tema para mais obras musicais do que todos os compositores juntos. Nunca fundou uma faculdade, no entanto, todas as faculdades juntas não podem gabar-se de terem tantos estudantes como Ele tem.

Nunca organizou um exército, mas, apesar disso, nunca nenhum líder recrutou tantos voluntários como Ele.

Grandes homens nasceram e morreram, no entanto, Ele continuou vivo. Herodes não O conseguiu matar. Satanás não O conseguiu levar a pecar. A morte não O conseguiu destruir. A sepultura não O conseguiu segurar.

Ele recusou as Suas vestes de púrpura para usar túnicas humildes. Era rico, no entanto, por amor a nós, tornou-se pobre. Dormiu numa manjedoura que não era d’ Ele, montou um jumento que não era d’ Ele e foi enterrado num sepulcro que não era d’ Ele.

Ele venceu a morte e ressuscitou ao terceiro dia, como Ele mesmo dissera que aconteceria. Ele subiu aos céus e está à direita do trono de Deus. Um dia voltará em poder e grande glória para julgar o mundo. E todo o joelho se dobrará e toda a língua confessará que Ele é o Senhor. Os seus seguidores exaltarão o Seu nome com alegria e confiança, mas os seus inimigos procurarão esconder-se d’ Ele.

Ele é perfeito e é o único que pode satisfazer a alma. Ao aceitarmos, pela fé, Jesus Cristo, Deus concede-nos completa satisfação, paz e santidade. Àqueles que estão prontos a aceitá-lo e a crer n’ Ele, Deus dá-lhes esta promessa:

“A todos quantos O receberem, a Jesus Cristo, é dado o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem em seu Nome.” (João 1:12)

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu O Seu Filho Unigénito, para que todo aquele que n’ Ele crê não se perca, mas tenha a vida eterna.” (João 3:16)

Post a Comment