A Bíblia

Curiosidades e estatísticas

– O nome “Bíblia” vem do grego “Biblos”, nome da casca de um papiro do século XI a.C.. Os primeiros a usar a palavra “Bíblia” para designar as Escrituras Sagradas foram os discípulos de Cristo, no século II d.C..

– A Bíblia foi escrita e reproduzida em diversos materiais, de acordo com a época e cultura das regiões, utilizando tábuas de barro, peles, papiro e até mesmo cacos de cerâmica.

– Com excepção de alguns textos do livro de Ester e de Daniel, os textos originais do Antigo Testamento foram escritos em hebraico, uma língua da família das línguas semíticas, caracterizada pela predominância de consoantes; a palavra “Hebraico” vem de “Hebrom”, região de Canaã onde habitou o patriarca Abraão na sua peregrinação, vindo da terra de Ur.

– Ao comparar as diferentes cópias do texto da Bíblia entre si e com os originais disponíveis, menos de 1% do texto apresentou dúvidas ou variações, portanto, 99% do texto da Bíblia é puro. Vale lembrar que o mesmo método (crítica textual) é usado para avaliar outros documentos históricos, como a Ilíada de Homero, por exemplo.

– A Bíblia divide-se em duas partes: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Contém 66 livros, 39 deles no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento.

– Os 39 livros que compõem o Antigo Testamento (sem os livros apócrifos) estavam compilados desde cerca de 400 a.C., sendo aceitos pelo cânon Judaico, e também pelos Protestantes, Católicos Ortodoxos, Igreja Católica Russa, e parte da Igreja Católica tradicional.

– A Bíblia está dividida em 1.189 capítulos e 31.102 versículos.

– A divisão em capítulos foi introduzida pelo professor universitário parisiense Stephen Langton, em 1227, que viria a ser eleito bispo de Cantuária pouco tempo depois. A divisão em versículos foi introduzida em 1551, pelo impressor parisiense Robert Stephanus. Ambas as divisões tinham por objectivo facilitar a consulta e as citações bíblicas, e foram aceites por todos, incluindo os judeus.

– A Bíblia contém aproximadamente 773.693 palavras, dependendo da versão e da língua.

– A Bíblia contém aproximadamente 3.566.480 letras, dependendo da versão e da língua.

– A primeira Bíblia em português foi impressa em 1748. A tradução foi feita a partir da Vulgata Latina e iniciou-se com D. Diniz (1279-1325).

– Vamos Ler a Bíblia? A Bíblia contém 31.000 versículos e 1.189 capítulos. Para a sua leitura completa, são necessárias 49 horas, ou seja, 38 horas para a leitura do Velho Testamento e 11 horas para a do Novo Testamento. Para lê-la audivelmente, em velocidade normal de fala, são necessárias cerca de 71 horas. Se você deseja lê-la em 1 ano, basta ler apenas 4 capítulos por dia.

– Sabia que “o caminho de um sábado” era a distância permitida no dia de sábado? A distância que ia da extremidade do arraial das tribos até ao tabernáculo (quando Israel deambulou pelo deserto), isto é, cerca de 1.200 metros.

– A primeira menção da redondeza da terra na Bíblia confirmava a teoria de Galileu de que o planeta era esférico. Teria bastado aos investigadores lerem a Bíblia (Isaías 40:22).

– O trânsito pesado e veloz, os cruzamentos e os faróis acesos aparecem descritos exatamente como nos dias de hoje (Naum 2:4).

– A invenção das mensagens em “out-doors” aparece descrita na Bíblia (Habacuque 2:2).

– Contrariamente à crença generalizada, quem cortou o cabelo de Sansão não foi Dalila, mas sim um homem a mando dela (Juízes 16:19).

– A Vinda do Senhor é referida 1.845 vezes na Bíblia, sendo 1.527 no Antigo Testamento e 318 no Novo Testamento.

– A Palavra “Senhor” é encontrada na Bíblia 1.853 vezes e “Jeová (YHVH)” 6.855 vezes.

– A expressão “Não Temas!” é encontrada 366 vezes na Bíblia, o que dá uma para cada dia do ano!

– Todos os versículos do Salmo 136 terminam da mesma maneira.

– A única mulher cuja idade está mencionada na Bíblia foi Sara (Génesis 23:1).

– Para aprender mais, LEIA A BÍBLIA!